Descontos nos transportes na área da CIM-BSE só em maio

Os descontos nos passes de transportes públicos, na área da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela, (CIM-BSE) só serão aplicados a 15 de maio, devido ao facto de o processo de negociação ainda estar a decorrer. A proposta em estudo contempla a redução de 40% dos passes dos transportes urbanos e de todos os bilhetes em transporte flexível, na Covilhã, Gouveia, Guarda e Seia.

Fonte da CIM-BSE, com sede na Guarda, disse à Agência Lusa, que aquela entidade elaborou uma proposta e está a “receber os ‘números’ dos operadores” para fundamentar “uma proposta mais consistente”. Tendo em conta este cenário, decidiu programar para o dia 15 de maio, a entrada em vigor das medidas do Programa de Apoio à Redução Tarifária (PART) dos transportes públicos.

As medidas do PART só serão aplicadas em 13 dos 15 municípios que constituem a CIM, uma vez que, os concelhos de Sabugal e de Pinhel “mantiveram as competências de autoridade de transportes, sendo da sua responsabilidade a implementação das medidas na área concelhia”.

A proposta da CIM-BSE tem um custo total de 545 mil euros, sendo que 496 mil euros serão atribuídos pelo Fundo Ambiental.

O plano que foi elaborado e que está em análise tem prevista a redução de 30% para todos os passes na área da CIM-BSE (aplicável apenas a residentes), para todos os passes para maiores de 65 anos e para menores de 19 anos. Está também contemplada a redução de 40% dos passes dos transportes urbanos e de todos os bilhetes em transporte flexível na Covilhã, Gouveia, Guarda e Seia, e um desconto de 20% em todos os passes em transporte ferroviário.

Esta iniciativa está inserida no PART, que conta com 104 milhões de euros do Fundo Ambiental, através do Orçamento do Estado, e terá a comparticipação de 12 milhões de euros dos municípios.