Guardiões Serra da Estrela são associação formal a partir de hoje

Guardiões Serra da Estrela constituem-se hoje, formalmente, como associação não-governamental de defesa do ambiente . Uma data simbólica, já que se assinala o Dia Mundial do Ambiente, salienta a “guardiã” Sara Boléo.

No terreno desde 2017, “nasceu da frustração de ver tudo a arder, tudo a falar e nada se fazer”, afirma a responsável, acrescentando que “depois de estarem no terreno, como plataforma cívica”, deram conta de que havia muita gente com vontade de “trabalhar e ajudar” e sentiram a necessidade de estarem organizados “mais formalmente”.

O grande objetivo da associação é “a recuperação dos ecossistemas da Serra da Estrela” e fazer com que todos se “envolvam nessa missão”. Às entidades oficias “pretendem mostrar que não há dois lados”, como de resto já acontece em muitas situações “em que há muita cooperação entre os civis e as entidades públicas”, refere a guardiã.