Transdev, Belmonte, Fundão e Guarda confirmam buscas e cooperação

A operadora de transportes Transdev informou em comunicado que “está a colaborar com as autoridades” no âmbito da operação “Rota Final”, que ontem levou a Polícia Judiciária a 7 autarquias da Beira Interior, num total de 18 no centro e norte.

“No âmbito da operação ‘Rota Final’, a Transdev Portugal informa que está a colaborar com as autoridades, estando disponível para cooperar em todas as diligências necessárias. De momento esta é toda a informação que temos a declarar”, lê-se no comunicado da empresa.

A Câmara Municipal de Belmonte, em comunicado, também confirma as buscas e a “cooperação de funcionários e autarquia” com a investigação.

A autarquia do Fundão e Guarda também já comentaram o tema. “A autarquia está convicta de que as dúvidas que trouxeram esta investigação ao Fundão ficaram cabalmente dissipadas e esclarecidas”, refere a Câmara do Fundão, em comunicado em que frisa a colaboração com os inspetores.

Também o comunicado da Câmara Municipal da Guarda refere a “total cooperação” com os inspetores, referindo que “nenhum dos colaboradores ou eleitos em exercício”, “foram constituídos arguidos ou obrigados a prestar quaisquer declarações”.

Recordar que na sequência da operação “Rota Final” desencadeada ontem pela PJ foram constituídos cinco arguidos. Três ex-presidentes de Câmara, da Guarda, Lamego e Armamar, um funcionário da Câmara de Lamego e um administrador da empresa Transdev.