Governo anuncia 60M€ para doutoramentos na Região Centro

Nelson de Souza, ministro do planeamento, presidiu na Covilhã, à cerimónia de apresentação de programas de doutoramento e pós-doutoramento, financiados pelos programas operacionais regionais do Portugal 2020, que “para a Região Centro tem reservados 60 milhões de euros do total dos fundos, sendo que os concursos já foram abertos e se prolongam até 30 de setembro”, anunciou a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Ana Abrunhosa.

No total, serão projetados para o programa de doutoramento 160 milhões de euros, o que segundo o ministro do planeamento será “um montante muito significativo, uma das mais significativas iniciativas em termos financeiros”, explicando que o montante total será distribuído pelo Norte, Centro e Alentejo. Nelson de Souza acrescentou que as outras regiões não ficariam esquecidas, uma vez que o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior aplica receitas próprias para promover essa componente nas restantes zonas do país.

João Sobrinho, Secretário de Estado da Ciência e Ensino Superior, avançou ainda que o conjunto das iniciativas permite que o número de bolsas a atribuir nesta legislatura duplique para 1.900.

Nelson de Souza revelou ainda que, “no âmbito do programa Portugal 2020 já foram investidos 1,7 mil milhões de euros em investigação e desenvolvimento, sendo que 60% desse valor foi para instituições de investigação e os restantes 40% foram assegurados por empresas”. Frisou ainda que da percentagem do lado das universidades, um terço já é absorvido por projetos que são implementados em parceria com empresas.

O ministro do planeamento realçou ainda que ” hoje em dia não é possível crescer, mesmo criando conhecimento, se não tivermos capacidade de transferir esse saber para as atividades económicas”.