Covilhã recebe exposição sobre violência domêstica

Chegou à Covilhã a mostra “Aqui Morreu uma mulher”, uma exposição em que a violência doméstica é retratada num conjunto de 28 fotografias com histórias de mulheres vítimas deste crime, recolhidas pela reportagem da Revista Visão.

Rosa Carreira, da Coolabora, disse à nossa reportagem que a exposição “é no fundo um retrato do país que temos, são histórias de dominação do homem que julga que pode fazer o que quer com a mulher, inclusivamente matar”, refere.

As histórias são chocantes, não pela imagem retratada mas pelo trágico fim da história, o objetivo, refere a responsável é “mostrar que esta realidade pode atingir qualquer pessoa”.

A exposição tem percorrido o centro do país através do projeto “Parar, Pensar, Agir pela Igualdade”, está agora na Covilhã numa iniciativa do Plano Intermunicipal para a Igualdade de Belmonte, Covilhã e Fundão, coordenado pela CooLabora, para assinalar o dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres que se celebra a 25 de novembro.

Até dia 23 na Biblioteca Municipal, de 26 de novembro a 6 de dezembro na Biblioteca Central da UBI, “espaços diferentes, para atingir públicos diferentes”, justificou à Rádio Covilhã Rosa Carreira.

A exposição foi inaugurada esta segunda-feira ao final da tarde na Biblioteca Municipal da Covilhã, um espaço que não foi escolhido ao acaso para a receber. Regina Gouveia, Vereadora na CMC refere que esta é uma forma de “consciencializar públicos tão diversos que vão desde o juvenil, ao mais idoso que é muitas vezes o mais resistente a mudanças de paradigmas e de valores associados á masculinidade”.

A 6 de dezembro na Biblioteca Central da UBI a partir das 14:30 será promovida uma mesa redonda para debater esta problemática com a participação de Teresa Campos e José Carlos Carvalho, jornalistas da Revista Visão responsáveis pela exposição e Cláudia Mateus, representante da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género. Diana Silva, da CooLabora, fará um retrato concelhio da violência doméstica.