Luiza Neto Jorge em destaque na Covilhã

Para assinalar os 80 anos do nascimento de Luiza Neto Jorge, a Alma Azul, vai destacar a escritora a 11 de maio, na Covilhã.

Luiza Neto Jorge nasceu no dia 10 de maio de 1939, estudou em Lisboa e viveu em Paris entre 1962 e 1970.  É uma das poetisas mais singulares da Língua Portuguesa como provam os livros “Os Sítios Sitiados” e “A Lume”, além de uma tradutora extraordinária, com trabalho no teatro, do qual se destaca o texto de Diderot “O Fatalista”, e a tradução de “A Morte a Crédito”, de Louis-Ferdinand Céline, Grande Prémio da Tradução Literária, em 1987. Faleceu em fevereiro de 1989, com apenas 49 anos.

No sábado, dia 11 de maio, às 16 horas, numa parceria com a “CooLabora”, a Alma Azul dinamiza uma Conversa-Debate sobre a Escrita e a Cidadania Ativa de Luiza Neto Jorge, no restaurante Alkimya, na Covilhã. A sessão é gratuita e aberta a todos os interessados.